Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ELE DIZ

Coisas do Social, Internet e Media! Humor Q.B.

ELE DIZ

Coisas do Social, Internet e Media! Humor Q.B.

Fátima, um jogo dos diabos!

fatima_jogo_2.jpg

E se houvesse no mundo do jogos de computador, um dedicado ao milagre de Fátima, que é para lá de hilariante?

 

É verdade, a pequena localidade de Fátima está mais um vez a fazer um milagre, depois do jogo português dedicado a Soure (Portugal 1111: A Conquista de Soure), é a vez de outra localidade portuguesa ter um jogo homónimo.

 

Neste jogo repleto de humor, e uma banda sonora brilhante, vestimos a pela de uma pastorinha de Fátima, que não pode deixar fugir as ovelhas. Mas além de as guardar, tem de ajoelhar para rezar, cada vez que a virgem aparece!

 

Joguem muito e fiquem na paz do senhor!

fatima_jogo_3.png

fatima_jogo_4.png

fatima_jogo_5.png

fatima_jogo_6.png

 

Hoje vamos ter a Lua Azul...

lua_azul_blue_moon.png

A Lua azul é algo bastante raro em termos astronómicos, basicamente consiste em haver duas luas cheias no mesmo mês. A referência ao azul não é literal, por isso não se ponham a olhar para o céu, pois ela vai continuar com a mesma aparência de sempre.

Já tinhas ouvido falar deste fenómeno?


Quero ver os Mínimos!

filme_dos_minimos_download_online_ver.jpg

Há filmes e "Filmes"... Os mínimos parece-me que vai ser daqueles que se vai tornar um clássico. Toda a gente gosta daqueles seres amarelos aparentemente inofensivos mas que têm o Diabo dentro de si. Essa estranha mistura faz toda a gente gostar deles. A dobragem para português tem ainda a vantagem de ter nomes como o de Herman José o que faz adivinhar um dose reforçada de paródia. Estou com vontade de ir ver, e tu?

Filme -18ans é vício de Raminhos

Filme -18ans-trailer-portugues.png 

Estava eu a ver o video de mais um Maluco Beleza, o podcast e vlog do Rui Unas, desta feita com o Raminhos, quando este último se saí com a sua magnifica experiência em ter tido a oportunidade de ver ao vivo a produção de um filme para maiores de 18 anos, com a actriz portuguesa Érica Fontes e o seu namorado.

 

O top de filmes mais vistos por potugueses em 2015, deste tipo de conteúdo, são desta actriz.
Pena foi ver que por um lado é tudo muito mentalidade do século XXI, mas por outro nunca os conseguem ver como profissionais de entretenimento, e apenas por fazerem filmes para maior de idade.

 

Revelou também que a primeira vez que viu um filme para adultos tinha 6 anos e havia mais homens no local. Estas pequenas hipocrisias, da nossa sociedade, demonstra ainda os tabus e a mentalidade pequena que em regra anda pela cabeça dos jovens em Portugal. Declarou tambem ser viciado em sites para adultos e que chega mesmo a gastar dinheiro para ver mulheres pela webcam e deu sugestões de sites grátis e a pagar.

 

Confesso que se nota no Unas algum constrangimento pela forma como o Raminhos denegriu a actriz portuguesa e a sua profissão.


Trailer da conversa, e do óptimo projecto Maluco Beleza.

Sei lá, ou o filme domingueiro

 

sei_la_filme_ver_online.png

Um destes dias dei por mim a procurar pelos filmes portugueses que tem saído nos últimos meses (anos?) e encontrei alguns algures por esse mundo da net.

 

Hoje comecei por ver o "Sei lá". O filme baseado no livro da Margarida Rebelo Pinto e que me lembro, na altura que saiu, ver por aí toda a gente a dizer cobras e lagartos. Ele era a cópia rasca do Sexo e a Cidade, ele era um filme sem conteúdo, cheio de falas pobres e básicas, onde se reduz o homem a simples objectos.

 

Se calhar até têm razão em grande parte das criticas, mas é um filme honesto, que não pretende ser uma obra para nomeação aos Óscares, é entretenimento, um bom filme para não fazer pensar demasiado!

 

É previsível? É... Dá para perceber mais ou menos sempre o momento seguinte do filme? Dá... É cheio de cenas cliché? Sim é repleto disso!...

 

Mas e daí? Que mal isso tem? O cinema português precisa de mais filmes de entretenimento, é isso que cativa as massas, é isso que dá dinheiro aos produtores para poderem rodar mais. Talvez seja esse dinheiros destes filmes "básicos" que aparece a margem financeira para, de vez em quando, fazer um filme mais profundo com mais ambição, com um sentido estético e artístico mais apurado.

 

Hollywood tem esta mesma receita, que a reproduz vezes sem conta, muitas vezes com resultados bem piores do que este Sei lá, e não é por isso que vejo cair o Carmo e a Trindade.

 

 

sei_la_filme_download.png

 

Cumpre o que promete, entretém. O resto, as críticas de cinéfilos de trazer para casa, são tiques de superioridade intelectual e moral, de quem no fundo foi dos primeiros a ir ver o trailer e depois o filme (em casa às escondidas). Venham muitos Sei lá.

 

Prefiro ver este filme que tenta colocar pessoas nos cinemas portugueses e a dar emprego e sustento a quem trabalha no cinema, que as pseudo obras artísticas do cinema requintado que apenas cativam cadeiras vazias paras as salas.

Pág. 1/3